Resenha livro Não pare!

19:53:00



Sinopse: Uma vida normal e tranquila seria tudo que uma adolescente odiaria ter, certo? Não para Nina! Por que tinha que viver como uma nômade (ou fugitiva!), mudando de cidade ou país a cada piscar de olhos? Por que não podia saber nada sobre o paradeiro de seu pai? Por que sua mãe era tão neurótica e supersticiosa? Milhares de perguntas. Nenhuma resposta. O que significavam aqueles estranhos calafrios, acidentes e mortes que insistiam em acontecer ao seu redor? Teriam eles alguma ligação com o seu defeito de nascença? Ou seriam causados pelo selvagem bad boy de hipnotizantes olhos azuis-turquesa que costumava aparecer nos momentos mais assustadores? Nina jamais poderia imaginar que aquele garoto sombrio de corpo escultural e fisionomia atormentada lhe abriria os olhos para um universo paralelo. Só ele tinha as respostas para os seus mais íntimos questionamentos, mas cobraria um preço muito alto para fornecê-las: A vida dela!

Resenha: Nina nasceu com uma deformidade nos olhos que se assemelha com a pupila do lagarto. Sua mãe, Stela, sempre procurou proteger a filha, além de ser supersticiosa e se mudar com Nina toda vez que algum acidente acontece próximo.

Nossa protagonista é a rainha do azar, mas...será que é mesmo ou será que não é azar?

Após se mudarem para Nova York, Stela decide que não irão mais ter que se mudarem e Nina logo começa a levar uma vida normal, mas só por pouco tempo.

Quem realmente é Nina? Quem é seu pai? Por que tantos acidentes e mortes em sua volta?

Um livro impossível de se largar. O leitor se depara com várias perguntas no decorrer da leitura e, assim como Nina, tenta montar as peças do quebra cabeça e descobrir as respostas para as perguntas. Fml Pepper sabe realmente como nos torturar de curiosidade.
Uma dica, compre a trilogia de uma vez, dessa forma quando acabar a leitura de um você já terá o próximo para ler e não sofrerá tanto com a curiosidade como eu estou sofrendo.

You Might Also Like

2 comentários

Parceiros

Parceiros
Editora Chiado