Resenha: Na mala do imigrante

21:42:00



Sinopse: Um livro sincero e emotivo, cômico e trágico; que de uma forma sem rodeios ou intimidações retrata a realidade das mais diferentes situações vividas por um imigrante.

Composta por capítulos desenvolvidos em pequenas narrativas / episódios; finalizando-se individualmente.
A leitura torna-se assim dinâmica e simplificada, proporcionando ao leitor mais praticidade e vibração! 
A riqueza descritiva; pormenorizada, o fará sentir- se parte integrante da história.
Emoções estarão à flor da pele do leitor; onde as lágrimas, a raiva, o amor, o sentimento de injustiça, compaixão e muitos outros sentimentos, irão tomar conta de si, em cada leitura de cada capítulo/história.
A cronologia da obra desenvolve-se baseada na história de um imigrante,
“…de todos se fazem um e de um fazemos todos ”
Cada acontecimento relata uma parte do processo de imigração: adaptação, adoção, vivência e convivência, que “um e todos” são passíveis de experienciar.

Relato dos possíveis “estágios” vividos; desde a arrumação das malas para a partida - dentre muitas outras aventuras durante sua imigração-, até o dia do seu retorno: a volta para casa.
Mas afinal, será que ele, ela, voltará?
E onde já considera-se casa?
Para saber, basta abrir a mala do emigrante.
As diversidades culturais retratadas ao decorrer das histórias proporcionarão ao leitor a oportunidade do conhecimento de palavras específicas, estrangeirismos, calões, gírias e expressões locais e outras ainda em outros idiomas;
- ora já conhecidas, ora inusitadas –,
das quais, de uma forma didática, estarão numeradas ao longo do texto e explicadas no rodapé, relativo á  página da citação, em formato “vocabulário”.
São 202 explicações que lhe somarão conhecimentos!
Basta agora se inteirar e descobrir, o que vai na mala de um emigrante*!
Prepare sua mala e boa leitura! 

Resenha: O que dizer de um livro espetacular? 

O livro conta alguns acontecimentos pelos quais os imigrantes passaram. Cada capítulo é um acontecimento e não se preocupe com o medo de misturar tudo e virar uma coisa só, pois isso não acontece. A forma como a autora escreveu não permite que os leitores façam uma bola de neve com os acontecimento.

Cada personagem é único e cativante. Permite o leitor sentir os seus medos e frustrações. São inesquecíveis, assim como cada situação mencionada.

Eu não sou imigrante, até hoje não sai do Brasil (rs), mas mesmo assim eu vivi como se eu tivesse saído e fosse uma emigrante assim como os personagens.

Uma coisa muito interessante é o vocabulário. A autora introduziu várias expressões em línguas diferentes, o que me fez me sentir mais próxima do país onde se passava o acontecimento e me senti como parte da população do determinado país.

Um dos livros mais interessantes que já li até hoje e acredito que vai ser difícil encontrar um livro que supere esse!

Meus parabéns para Lígia Pereira Boldori, pela criação de um livro marcante e sensacional!!

You Might Also Like

0 comentários

Parceiros

Parceiros
Editora Chiado